VOLTAR PARA O HOTSITE
Campanha de Incentivo Mobility Turismo S.A.
De 09/04/2018 a 22/07/2018
21/05/2018
#5 Estradas Extraordinárias
Que tal viajar por rodovias capazes de captar energia solar para abastecer todos os carros elétricos que circularem nelas, além das residências no seu entorno? Não, isso não é um devaneio – a China, a França e a Holanda estão fazendo pesquisas nesse sentido. E desde 2015, na Coreia do Sul, uma estrada produz energia solar através de placas colocadas no teto de uma ciclovia que divide as duas pistas para automóveis.

A China, maior emissor de gases do efeito estufa do mundo, inaugurou este ano uma estrada energizada na cidade de Jinan, que fica a 420 km ao sul de Pequim. Os painéis solares foram embutidos no próprio piso da rodovia, entre uma camada isolante na parte inferior e outra de concreto transparente na de cima. Os equipamentos, instalados num trajeto de apenas dois quilômetros, podem gerar até 1 milhão de kW/h por ano. Por enquanto estão sendo usados para iluminar letreiros digitais e alimentar um sistema de derretimento de neve, mas no futuro servirão para recarregar automaticamente veículos elétricos – sem necessidade de ligá-los por fio a uma rede.

Como é normal em toda estrutura pioneira, o custo de instalação foi alto: saiu por cerca de 2,7 milhões de dólares, ou 450 dólares o metro quadrado, mais de 30 vezes o que se pagaria pelo revestimento de asfalto – os painéis solares se estendem por uma área de 5.875 m2. Para um país decidido a investir 360 bilhões de dólares em energias renováveis até 2020, porém, isso é apenas uma pequena fração.
Na França, a estrada em construção ainda não foi aberta ao público, mas é parte de um projeto bastante ambicioso: a implantação de 960 km de rodovias energizadas. Na Holanda, a estrada solar em desenvolvimento não tem painéis no piso, mas em estruturas laterais que servem também para isolar o barulho do movimento de carros.

Curiosamente, os holandeses não pensaram no isolamento do som ao inaugurar uma rodovia sonora nos arredores da cidade de Jelsum, que toca música quando os carros passam por pequenas faixas em relevo, alertando os condutores de que ultrapassaram a velocidade permitida ou se afastaram ligeiramente dos limites da pista. A novidade porém, não teve repercussão muito boa: os moradores de Jelsum estão implorando às autoridades para desativar a trilha sonora, porque não aguentam mais ouvir tantas vezes a mesma música...
regulamento